Proposta de Erguer. Estudantes da Galiza para a equipa diretiva do IES Xunqueira I

Desde Erguer. Estudantes da Galiza valoramos negativamente a toma de decissons por parte da direçom do IES Xunqueira I que afetam direta, ou indiretamente ao estudantado sem ter em conta a sua opiniom.

Reivindicamos um sentir maioritário entre as estudantes do IES Xunqueira I de que as provas em tres días nom favorecem as necesidades do estudantado, por isso recolhemos neste documento umha proposta, saída dunha Assembleia Aberta o dia 27 de maio no IES Xunqueira I, que aguardamos que sirva para chegar a um acordo entre professorado, alunado e direçom do centro.

A proposta consta dos seguintes pontos:

  • Que as provas se marquem a começo de ano escolar, de forma orientativa para nom obstaculizar as diferentes atividades académicas que poidam ir jurdindo durante o ano (viagens, atividades culturais etc.) e reivindicaçons estudantís que vaiam jurdindo também durante o almanaque docente.
  • Para ser modificada a data dumha prova fixada deverá argumentar-se e socializar o motivo entre o estudantado.
  • Para ser modificada a data dumha prova terá que haver unha margem de tempo razoável para nom influir negativamente ao estudantado.
  • Entre prova e prova terá que haver un mínimo de 48 h, para que nom haja umha acumulaçom excessiva de provas em certas datas, favorecendo assim a melhor aprendizagem com tranquilidade para fixar melhor os conteúdos. Pola contra, a concentraçom das provas em 3 dias favorece a fazer umha aprendizagem momentánea para umha prova.
  • As provas marcaram-se sempre chegando a um acordo entre direçom, professorado e estudantes. Preferivelmente nunha assembleia aberta para cada curso.
  • Algúm destes pontos ou a totalidade deles poderá ser incumprido sempre e quando houver umha maioria de cada ator (estudantes, professorado, direçom) que assim o desejasse.

Ademais esperamos que nom se volvan tomar decissons de forma unilateral e antidemocrática sem ter em conta as preferências e necessidades do estudantado deste centro.

COMPARTIR/PARTILHARShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Aínda non hai comentarios

Por que non ser o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *