Texto formativo número 2: “A privatizaçom encoberta no ensino público”

Levamos décadas nas que se andam a introduzir formas de privatizaçom nos nossos sistemas de ensino público. Muitas destas mudanças som consequência dumha política deliberada, sob a legenda de “reformas educativas”, e os seus efeitos podem ser de mui amplo alcance enquanto à educaçom do estudantado, a equidade e as condiçons do pessoal docente e doutras pessoas adicadas ao ensino.

Estas reformas ou mudanças apresentam-se como umha forma de “adaptar-se aos novos tempos”, mas, em realidade, nom som mais que um reflexo dumha orientaçom cada vez mais baseada no mercado, competitiva e consumista que caracteriza às sociedades capitalistas.

O começo foi em 1994, quando começou a pôr-se em andamento o ensino como mercadoria, coa entrada na OMC, ou aqui coa reforma da LODE de Felipe González que abriu as portas à privatizaçom, permitindo o investimento de carácter privado no ensino.

Para compreender o processo de privatizaçom do ensino, e como se vai introduzindo de forma paulatina nas nossas sociedades, facilitamos-vos este estudo feito em 2007, mas totalmente de atualidade, posto que o seu conteúdo é imprescindível para conhecer o processo e os mecanismos de privatizaçom dos nossos serviços públicos.

LIGAÇOM AO DOCUMENTO

COMPARTIR/PARTILHARShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Aínda non hai comentarios

Por que non ser o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *